Não cabe ao Judiciário fazer a análise financeira de plano aprovado por credores - F.Rezende