Decisão da assembleia de credores é soberana e não pode ser anulada - F.Rezende