Avaliação de bens a serem vendidos na recuperação da empresa não exige formalidades específicas - F.Rezende